Quanto estresses até chegar na Suecia

20140803-183342-66822977.jpg

Hej Brasucas,
Foi assim com essa carinha que nós (eu, o Guga, a Julia e o Luke) deixamos o BR em 18 de junho de 2013. O meu marido mudou quase dois meses antes.
Posso dizer que não é nada fácil receber uma proposta para trabalhar fora do país. Esse momento consegue ser um misto de alegrias, dúvidas e até trsiteza.
Eu e meu marido já tínhamos tido essa experiência quando solteiros. Eu fiquei alguns meses na casa de amigos nos EUA e o meu marido já tinha morado nos EUA e na Inglaterra.
Como sempre desejamos essa oportunidade, nos preparamos para ela se um dia acontecesse.
* Dica 1: foi preparar as crianças, que dependendo da idade são as que mais sofrem com a mudança. Para isso, eles começaram a estudar inglês bem cedo, pois pelo menos saberiam se comunicar e já que nossa ideia era que estudassem numa escola internacional onde o idioma falado teria que ser o ingles.
* Dica 2: estar preparado para a mudança a qualquer momento, então nada poderia nos fazer desistir do nosso sonho. Esse eu acho que é uma passo muito difícil e que sempre foi tema das nossas conversas. Assim mesmo que só como uma hipóteses já tínhamos algumas respostas para o futuro.
* Dica 3: não contar para ninguém a real possibilidade da mudança. Isso gera um estresses muito grande nos filhos e principalmente na familia. Só contamos quando tivemos a certeza de que já existia a data da mudança. Mesmo assim foi um estresses, imaginem se contássemos 4 meses antes, quando ficamos sabendo da possibilidade.

Não sou apta a escrever textos grandes então vou parar por aqui!! Qualquer dia continuo esse assunto com mais dicas e curiosidades sobre a preparação para a mudança.
Bjsss,