30ª Bokmässan – Göteborg Book Fair – 2014

Hej Brasucas,
Ontem (26/09/14) fui na 30• Feira do Livro de Gothemburgo, é considerada a maior feira literária da Escandinávia (a Bienal daqui).

Feira de livros 1

Infelizmente, não sou nenhuma leitora nata, mas como o BR foi o pais homenageado, fui dar uma olhada para saber o que o nosso país estava trazendo de bom.

O local onde aconteceu a feira faz parte do complexo de um hotel famoso aqui da cidade.
Quando desci do tram me deparei com a bandeira brasileira hasteada junto com as bandeiras dos pais Escandinavos, o vento estava contrario a sua posição, o que fazia a nossa bandeira tentar se manter aberta (como estamos a beira mar, os ventos por aqui são intensos e veem de varias direções ao mesmo tempo). Parecia que a bandeira brasuca vinha toda feliz, com suas cores vibrantes tentando fazer “amizade” com as bandeiras mais sóbrias da região, a da Suecia é a única que parecia se aproximar da nossa, talvez pelas cores mais alegres.

Nossa Bandeira na entrada da feira

Nossa Bandeira na entrada da feira

Achei o ingresso meio carinho 240 coroas suecas (+/- R$ 80,00), até porque como disse não sou uma leitora e estava lá como curiosa que sou.

Ao entrar no pavilhão, que diga-se de passagem era maior do que eu imaginava, me deparei com o primeiro stand e o maior da exposição, claro o nosso!

O maior stand da feira

O maior stand da feira


Fui logo ver que tipo de literatura o BR exportava e para o meu espanto e com um titico de “déjà vu” encontro nossa literatura clássica, como Machado de Assis, Graciliano Ramos, Raquel de Queiroz, Guimaraes Rosa, Clarice Lispector e Chico Buarque,todos em sueco, porque do “déjà vu” quem nunca leu algum desses ou todos para o vestibular?

Feira de livros 3

Feira de livros 4


Paulo Coelho também estava por lá, mas este eu já imaginava encontrar, pois tem suas obras em mais de 60 idiomas.
O que eu achei mais interessante foi ver a equipe de brasucas, responsáveis pelo stand, na sua maioria moradores da Suecia, falando portugues, um som tão familiar aos meus ouvidos, que não precisei fazer esforço algum para entender, por isso recebe o nome de “língua materna”, soa fácil aos meus ouvidos o que por aqui é raro!

As fotos não ficaram tão boas como imaginei, mas da para ver “nossas obras” em outro idioma.

Hej då!

— at Svenska Mässan

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s